Uma coleção toda construída a partir de peças que seriam jogadas no lixo

Away to Mars / Moda Lisboa Insight / Fotos: Ugo Camera

 

O coletivo brasileiro baseado em Londres, Away to Mars mostrou recentemente em Lisboa durante a Lisboa Fashion Week sua mais nova coleção. Mas falar aqui em “mais nova” talvez faça pouco ou nenhum sentido já que dessa vez os criadores da marca, Alfredo Oróbio e a designer Marilia Di Biasi apresentaram uma coleção toda construída a partir de peças que seriam jogadas no lixo e provavelmente parariam em lixões na África.

Quem ainda não o documentário True Cost e as terríveis imagens das pilhas de roupas que são levadas dos países europeus para serem descartadas no continente africano? Projeto que se iniciou a 5 anos com o propósito de co-criação, a ATM levou seu processo a outro patamar nesta temporada. O estalo para criar essa coleção aconteceu logo após o desfile da coleção passada, em outubro quando souberam que a japonesa Marie Kondo ganharia uma serie no Netflix sobre seu método de organização da casa através do descarte.

“Descobrimos que a serie que estava sendo gravada pelo Netflix pregava a organização da casa a partir do descarte das coisas que não nos atraíssem mais. Num final de semana, Marilia, Pedro Ávila e eu fomos num dos locais onde todas as roupas de descarte vão para a triagem, antes de serem levadas para lojas de segunda mão ou de serem exportadas para a Índia ou Africa”, explica Alfredo. “Tudo isso somado, decidimos criar uma experiência e convidar as pessoas a enviar as peças de roupa que já não as davam mais felicidade para que pudéssemos criar algo novo e devolver o prestígio a aquilo que foi descartado”. Confira as fotos do desfile.

Gostou Deste Artigo? Compartilhe!

Facebook 0
Google+ 0
Fechar Menu