Recife ganha espaço de obras visuais acessíveis

Américo Nunes, Lucas Emanuel, André Martins e Eduardo Cunha / Foto: Divulgação

 

A capital pernambucana ganha a partir da sexta (12), um novo espaço voltado para a comercialização de obras visuais com valores acessíveis no mercado de artes visuais: a RAMO Galeria. A proposta surgiu da união de ideias e acervos dos fotógrafos Américo Nunes, André Martins, Eduardo Cunha e Lucas Emanuel, a partir da inquietude da falta de um local no Recife para expor e comercializar obras visuais por valores mais acessíveis ao público geral.

Intitulada “Carnaval tem sempre”, a coletânea de abertura da galeria localizada na Zona Norte do Recife, apresenta uma curadoria de mais de 12 anos de fotografia de Carnaval do quarteto. A temática carnavalesca é composta de obras com diversos formatos e cores, que além de servirem para afagar um pouco os corações órfãos da folia momesca neste ano por conta da Covid-19, adequam-se a ambientes residenciais e corporativos. A RAMO Galeria, ficará aberta para visitação a partir da sexta (12), seguindo todos os protocolos sanitários. Maiores informações pelo fone: (81) 3033-1801. Fica à dica!

Gostou Deste Artigo? Compartilhe!

Facebook 0
Google+ 0
Fechar Menu