Alimentação / Fotos: Divulgação

Verão chegando e todo mundo quer ficar com um corpo mais sarado. O famoso “Projeto verão” é conhecido por várias pessoas e ganha muitos adeptos no final do ano. Mas é preciso tomar alguns cuidados para que a transformação não cause problemas no corpo e por consequência, na saúde. A mudança de hábito muitas vezes brusca, principalmente quando uma pessoa é sedentária, pode acarretar em sérios problemas. Para ter um corpo mais saudável é essencial a união de uma boa alimentação e a prática regular de exercício físico.

Se o indivíduo não tem os dois fatores na rotina é preciso que comece aos poucos. Quando se fala em comida, o indicado é procurar por uma ajuda especializada para conseguir o efeito desejado e não seguir dietas da moda. A opção de fazer regime por conta própria pode acarretar em problemas na saúde. “Em primeiro lugar o que vai implicar é a questão da adaptação. O paciente pode fazer a primeira, segunda semana, até o mês. Mas é difícil se adequar a médio e longo prazo, o que compromete também a saúde. A imunidade é a primeira coisa a cair”, comenta Dani Dabbicco, nutricionista da Cia Athletica.

 

Musculação

Outro ponto que deve ter atenção é o exercício físico. Seguindo o mesmo raciocínio da alimentação, o corpo que não tem o hábito da prática da atividade física pode sofrer lesões caso o esforço seja além do indicado. “Antes de tudo o ideal é que a pessoa faça uma avaliação física, um parecer cardiológico, para que saibamos se o corpo tem algo contra a prática do exercício ou se temos que ter uma atenção maior em algum ponto durante o esforço”, explica Fabio Santana, professor da Cia. A partir do resultado do exame os profissionais traçam o treino da pessoa de acordo com o seu objetivo e seu tipo físico.

Usando como exemplo a musculação, é essencial que o aluno seja acompanhado por um profissional para que ele não tenha problemas obtidos por overtraining (exercícios além do que o corpo aguenta). Alguns sintomas são fadiga extrema, irritabilidade, ritmo cardíaco elevado mesmo em repouso e até febre. Além disso, o treino de forma excessiva pode também enfraquecer a imunidade. Isso se deve porque a atividade exagerada diminui nos músculos a glutamina, um aminoácido que tem fluxo direto e contínuo para o fígado, intestino, rins e sistema imunológico. Como o sistema precisa de muita glutamina para manter suas funções, a diminuição da substância pode causar danos a nossa imunidade.

 

Agachamento

Para iniciantes são interessantes atividades que usem os grandes grupos musculares. Agachamento usando o peso corporal, flexão de braço e supino, são alguns exemplos de exercícios que trabalham um maior número de músculos e de fibra para que, posteriormente, eles sejam trabalhados de forma específica para serem definidos. A estabilização do tronco pode ser feita através de exercícios para o abdômen ou prancha, por exemplo. Os aeróbios como caminhada, esteira e bike também são indicados.

Independente do objetivo final, seja ganhar massa ou emagrecer, os dois fatores em conjunto trarão o resultado de forma mais rápida e perceptível. Após desenvolver o hábito de levar uma vida mais saudável, o projeto verão pode se tornar um projeto para a vida e assim o indivíduo terá um corpo mais saudável e definido por mais tempo.