Microfranquia de alimentação saudável com conceito sustentável quer conquistar o Nordeste

Light Food / Fotos: Divulgação

 

A ideia de substituir o conceito de spa, já que muitas pessoas não disponibilizam de tempo e dinheiro para ficar dias hospedadas nesses locais, fez com que as sócias Karla Nadir e Marcela Gattaz criassem a Light Food Way. A rede oferece uma gama de alimentos saudáveis, naturais, orgânicos, diet, light, sem glúten, sem lactose, produtos integrais e a granel, molhos e temperos. Com mais de 20 unidades presentes em seis Estados brasileiros, a rede é ideal para quem busca praticidade e economia ao mesmo tempo em que se preocupa com a saúde e qualidade de vida e em ter bons hábitos alimentares.

“A procura por alimentação saudável em números de pesquisa vem aumentando de maneira rápida porque as pessoas estão se cuidando muito mais e procurando se prevenir de doenças. A Light Food Way vem para possibilitar esse desejo da população com qualidade e valor acessível”, explica Marcela.

A marca viabiliza um estilo de vida saudável possibilitando uma boa alimentação por meio de um cardápio elaborado de maneira consciente e sustentável, priorizando alimentos naturais, sabor e qualidade, oferecendo mais de 50 tipos de pratos, entre eles o Kit Detox, a Alimentação Completa, o Box e o Almoço Light. Os produtos são totalmente naturais, livres de conservantes e podem ser congelados. O valor por refeição gira entre R$ 12 e R$ 28 e os pedidos podem ser feitos por telefone e entregues por meio de delivery ou indo até a unidade mais próxima nas lojas físicas.

A Light Food Way também prioriza a sustentabilidade e utiliza canudos de macarrão – ideia da franqueada da unidade Verbo Divino em São Paulo, que foi abraçada por toda a rede –, encaminha suas embalagens para a reciclagem (considerando que o franqueado é obrigado a realizar parcerias com cooperativas). Para isso, o cliente que devolve a embalagem higienizada recebe desconto na próxima compra que realizar.

Criada em 2013, a Light Food Way entrou para o franchising em 2016 e seu faturamento hoje gira em torno de R$ 1 milhão. Microfranquia, a rede tem baixo valor de investimento, para quem deseja se tornar franqueado, é necessário investir a partir de R$ 59.900. Entre os diferenciais, está o fato de ser uma marca que oferece pratos desenvolvidos sob medida; ter livro de receitas próprio; exclusivo mix de produtos com muitas opções de pratos; soluções saudáveis, balanceadas e leves, com muito sabor e que aumentam a produtividade e lucratividade do franqueado.

“Somos uma empresa com diversidade de pratos saudáveis, hipossódicos, hipocalóricos, sem glúten, sem lactose, detox e que está dentro dos padrões adequados de vigilância sanitária, além do excelente custo-benefício”, aponta Marcela. Este ano, a Light Food Way quer finalizar com 50 unidades. “Temos a missão de massificar a oportunidade de uma vida saudável ao grande público com novos conceitos de qualidade, segurança e garantia por meio de unidades padronizadas para o bom atendimento e aperfeiçoamento dos serviços prestados”, finaliza a fundadora da marca.

Ficha de investimento Light Food Way:

Investimento inicial: a partir de R$ 59.900.

Capital de giro: 20% do valor do investimento.

Taxa de franquia: R$ 24.900.

Taxa de royalties: R$ 500, nos três primeiros meses, e R$ 1.000, a partir do quarto mês.

Taxa de publicidade: isento.

Faturamento médio mensal da unidade: R$ 40.000.

Lucro médio mensal: cerca de 25%.

Prazo de retorno: até 12 meses.

Número médio de funcionários por unidade: 2 (dois), além do terceirizado de entrega.

Área da unidade: mínimo de 50 m².

Prazo de contrato: 5 (cinco) anos.

E-mail de contato: expansão@lightfoodway.com.br.

Fone: (17) 98122-2277. Para mais informações, acesse: http://www.lightfoodway.com.br/

Gostou Deste Artigo? Compartilhe!

Facebook 0
Google+ 0
Fechar Menu