Grace Jones / Fotos: Divulgação

“É como se as pessoas me vissem nua”, diz Grace Jones para o site Screen Daily. A cantora que fundou a androginia no meio musical está se referindo ao documentário “Grace Jones: Bloodligth and Bami” que estreia no próximo dia 25 de outubro, no Reino Unido. Será um conjunto de performances inéditas, entrevistas sem censuras, e detalhes nunca vistos de sua vida pessoal. Para a nova geração que não conhece a arte dessa cantora, autora, supermodelo, atriz e produtora é bom se informar pois ela é realmente um artista completa. Confira alguns de seus trabalhos. Um luxo!