Dona de si! Suzana cria instituto de aceleração de talentos femininos

Suzana Pires / Fotos: Gustavo Nogueira

 

Ela conquistou seu espaço na profissão com muito esforço e talento, mas sabe que nem todas as mulheres têm ou tiveram as mesmas oportunidades como ela. Foi pensando nisso que Suzana Pires teve a ideia de criar o Instituto Dona de Si, que tem como propósito mudar a vida de inúmeras outras mulheres que estejam precisando de apoio para dar um salto na construção de sua carreira. A ideia é estimular, por meio de projetos, o aumento do número de mulheres em cargos nos quais são minoria, como roteiristas, diretoras, investidoras.

“Reconheço meus privilégios, venho de classe média, estudei em faculdade particular, fiz cursos de línguas. Não é ter vergonha dos nossos privilégios, e sim vergonha de não reconhecê-los. Se o que eu tive puder reverter para o mundo, vou ser muito feliz”, afirma. O ano de 2019 é, portanto, voltado a captação de recursos para o instituto. Por isso, Suzana decidiu começar se desfazendo de sua coleção de bolsas Chanel, antes mesmo de contatar possíveis patrocinadores.

Comecei a vendê-las para colocar o Instituto de pé, a ‘Bag Me’ me ajudou bastante e falta apenas uma, vendi todas que eu tinha”, conta. “Com o dinheiro arrecadado eu comecei a resolver a parte de planejamento estratégico, papelada, contador, advogado… levantar um instituto tem várias fases. Só agora que tudo está legalizado, eu dei início às reuniões para patrocínio. Os últimos seis meses foram para colocar de pé de forma que eu chegue em uma reunião e o empresário entenda a seriedade da proposta. Duas pessoas trabalham comigo, uma boa equipe, e tenho estrutura, planejamento, papel, tudo”, diz.

Gostou Deste Artigo? Compartilhe!

Facebook 0
Google+ 0
Fechar Menu