Closet compartilhado cria oportunidade de renda para mulheres no Recife

Sofia Aldin e Marília Costa / Foto: Arquivo Pessoal

 

Idealizada como uma alternativa de incentivo ao consumo da moda sustentável, a MarSô Smart Closet, traz uma nova proposta para a capital pernambucana. Unindo a paixão pela moda atemporal e sofisticada à necessidade de promover mudanças na forma em que as pessoas adquirem novas roupas, as sócias Sofia Aldin e Marília Costa, criaram um modelo de closet compartilhado, que propõe renda para as mulheres que desejam alugar suas roupas casuais e de festa guardadas no armário (partners), assim como garante preços mais justos para as que querem buscar looks para eventuais compromissos (rental).

De acordo com pesquisas, o mercado da moda está entre os três mais poluentes do mundo. Sendo responsável por cerca de 10% das emissões globais de gases-estufa. Só no Brasil, cerca de 175 toneladas de resíduos têxteis são descartados durante o ano, destes apenas 20% são reutilizados ou reciclados. Além disso, a indústria da moda é a segunda a consumir mais água no planeta. Para produzir um par de jeans, por exemplo, é preciso em torno de 4 mil litros de água. Na produção de peças de poliéster também é possível notar grandes prejuízos; para elaborar 1kg de roupas no tecido são gastos 20 litros de água. 

Foto: Reprodução Internet

 

Visando incentivar a redução dos prejuízos ambientais, a Marsô estimula mulheres apaixonadas por moda a selecionarem roupas modernas e atuais pouco utilizadas para compor o acervo do closet inteligente, garantindo o retorno financeiro quando essas forem alugadas. Para garantir a qualidade e bom estado das peças, a equipe faz a curadoria dos itens. A partner tem toda segurança, acompanhando quando sua peça for alugada através de uma área restrita, com usuário e senha, no site da loja. O espaço físico será inaugurado no segundo semestre de 2020, oferecendo também o serviço de consultoria, com protocolos de prevenção bem definidos, como o momento atual exige.

Maria Paula Bandeira, de 34 anos, se tornou uma partner. “Foi super simples [o processo]. Separei as roupas que pretendo alugar, as roupas foram recolhidas e foi providenciado um contrato. Estou achando muito bom. A MarSô é bem cuidadosa! Não pensa só em quantidade, mas preza pela qualidade das roupas. Achei o processo da curadoria das peças incrível”, disse. Durante a pandemia, o serviço de busca das vestes é gratuito para o Grande Recife. O smart closet dispõe de medidas efetivas para manuseio e higienização de cada roupa. Para mais informações, as partners devem entrar em contato através do (81) 9920-5678 ou no @marsosmartcloset.

Gostou Deste Artigo? Compartilhe!

Facebook 0
Google+ 0
Fechar Menu