Alfonso Cuarón recebe mais um prêmio por ‘Roma’ e agradece Guillermo del Toro

Alfonso Cuaron, diretor de “Roma” ao lado de Guillermo del Toro / Foto: REUTERS / Mario Anzuoni

 

O cineasta mexicano Alfonso Cuarón conquistou mais um prêmio, a qual foi entregue pelo sindicato de diretores dos Estados Unidos por “Roma“, consolidando sua trajetória rumo ao Oscar. “Guillermo, obrigado cara!”, comemorou Cuarón, abraçando seu compatriota Guillermo del Toro, que ganhou o prêmio no ano passado por “A forma da água” e que lhe entregou a honraria. Cuarón disse que receber o prêmio das mãos de Del Toro era um “milagre da vida” e tornava a ocasião ainda “mais especial”. 

Del Toro declarou à AFP que este filme, indicado em 10 categorias da Academia, incluindo a de melhor direção, era “absolutamente soberbo, perfeito e muito complicado”. “Obrigado a Libo (sua babá que inspirou a personagem de Aparicio), minha mãe e meu país, o verdadeiro arquiteto de ‘Roma'”, disse o diretor. Em um discurso prévio, ao ser nomeado, Cuarón destacou as “mais de 70 milhões de empregadas domésticas no mundo, e esse número não inclui crianças”. “‘Roma’ conta a história de uma delas”, destacou.

“Roma” é um projeto muito pessoal de Cuarón. Filmado em preto e branco, acompanha a história de duas mulheres que marcaram sua infância: a empregada doméstica, de origem indígena, e a dona de casa, sua mãe, que está prestes a ser abandonada pelo marido por outro amor. “Roma” é o segundo filme de língua não inglesa premiado pelo DGA depois de “O Tigre e o Dragão” em 2000, do americano-taiwanês Ang Lee. “Amo muito fazer isso e digo a vocês… Eu não vou parar!”, declarou Cooper ao saber de sua indicação.

 

Gostou Deste Artigo? Compartilhe!

Facebook 0
Google+ 0
Fechar Menu